domingo, 31 de julho de 2011

Peeling químico facial para manter seu rosto sempre lisinho!

http://4.bp.blogspot.com/-Y3xD9juaufM/TcCvDRnePSI/AAAAAAAAAgg/cIkT3fs5K_I/s1600/peeling.jpg
Imagem: Google


Não tem jeito, com o passar dos anos a gente começa a perceber aquelas ruguinhas desagradáveis aparecendo no rosto, acompanhadas de manchas e marcas de expressão, que vão se acentuando cada vez mais.
Envelhecer é completamente natural e inevitável, mas é claro que podemos buscar tratamentos que reduzam os efeitos do envelhecimento.
Peeling em inglês quer dizer "despelar", o que já dá uma idéia de como ele funciona: ajuda a pele a se renovar de forma mais rápida. Ele pode ser mecânico, como o peeling de cristal e pode ser químico.
Os peelings químicos são feitos com produtos específicos que, quando aplicado em concentrações mais elevadas, fazem a camada superficial da pele se "soltar" de forma mais rápida, e assim outro tecido, novinho em folha, aparece em seu lugar.
O peeling superficial age na epiderme sendo indicado para tratar acne, os efeitos do fotoenvelhecimento leve, rugas finas e melasma (manchas causadas por hormônios, principalmente na gravidez ou com o uso de pílulas anticoncepcionais), melhorando assim o aspecto geral da pele.
Alguns tipos de peelings químicos:
Ácido Retinóico: também chamado de vitamina A ácida, o retinóico atua na renovação celular e na formação de novas fibras de colágeno e elastina.
Ácido Kójico: reduz a produção de melanina gerando despigmentação, ou seja, é ótimo para tratar manchas.
Ácido Glicólico: promove esfoliação aumentando a renovação celular e melhorando a penetração de outros ingredientes que podem ser acrescentadosna formulação.
Ácido Salicílico: super indicado para tratamento da acne, inclusive com comedões, possui ação esfoliante.
Vitamina C: funciona como antioxidante e promove uma leve esfoliação

Junto com o uso diário de filtro solar, este é um dos cuidados de beleza que mais traz resultados, segundo os dermatologistas. Venha fazer uma avaliação gratuita conosco!

sábado, 23 de julho de 2011

Peeling de Cristal



Com o peeling de cristal é possível remover as células mortas da pele e, assim, devolver a pele uma textura macia e delicada
Esse é um dos procedimentos estéticos mais realizados nos EUA e, por causa da sua simplicidade e rápida recuperação, foi apelidado de lunch peel (peeling na hora do almoço). Ou seja, logo após a aplicação a paciente pode retornar imediatamente às suas atividades.
O peeling de cristal utiliza cristais de hidróxido de alumínio para fazer uma microdermoabrasão da pele, que remove as células mortas e estimula a produção de colágeno e elastina, deixando a pele mais fina e macia.
Ele pode ser utilizado no tratamento de cicatrizes de acne, fotoenvelhecimento, manchas, estrias e rugas finas.
Por este tipo de peeling ser um processo físico (é uma espécie de jato de micro cristais - por isso o nome peeling de cristal - que a fisioterapeuta vai passando na face, sempre na direção correta para não machucar), grávidas também podem fazer, pois é só "por fora", não afeta em nada o bebê.
O processo funciona assim: primeiro a pele é limpa e em seguida o peeling começa. O aparelho tem um aplicador que é passado suavemente por toda a pele a ser tratada (além do rosto também pode ser feito em outras partes do corpo). O aplicador expulsa partículas de cristal sobre a pele (são cristais de óxido de alumínio). O atrito destas partículas de cristal elimina as células mortas da pele e o aparelho, ao mesmo tempo, também suga essas partículas de volta.
Após passar o aparelho por todo o rosto é aplicado um creme calmante e hidratante e depois, uma camada de filtro solar.
Depois do peeling você pode ter vida normal, você pode inclusive sair direto da sessão e voltar ao trabalho, sem problemas. A pele não fica machucada, pois todo processo é eficaz, mas muito suave.
Venha fazer uma avaliação gratuita conosco!